A carregar Eventos

« Todos os Eventos

ABVP Travel Fest – 2022

Setembro 17 09:00 Setembro 18 19:00

Outros Mundos, Ana Abrão
Livro “Outros Mundos”, ©Ana Abrão

O maior evento da ABVP – Associação de Bloggers de Viagem Portugueses está de volta, depois da pandemia nos ter estragado os planos, nos dois anos anteriores. Regressa com uma nova dinâmica, num espaço com maior capacidade, em Matosinhos, vários oradores de renome, nacionais e internacionais, e um programa que mistura formação com muita inspiração.

Jackson Groves, o aventureiro australiano apaixonado por trekking; Ana Abrão a fotógrafa brasileira autora do multipremiado livro Outros Mundos; Gustavo Carona, o médico humanitário português; e Oliver Astrologo, diretor de cinema e fotógrafo italiano que cria experiências visuais e emocionais únicas, são quatro dos nomes já confirmados para este encontro, que se realiza a 17 e 18 de setembro de 2022 em Matosinhos.

Os valores da ABVP – viajar (e produzir conteúdos de viagem) com ética, respeito pelas culturas e pelo planeta – estarão espelhados na escolha dos temas, com o objetivo de refletir, contribuir para (re)imaginar e redefinir a indústria e o mundo de viagens.

O fim-de-semana em Matosinhos está aberto não só a bloggers e produtores de conteúdo, mas a todos os amantes de viagens. Será também uma oportunidade de reconetar as pessoas da comunidade de viagens, de fazer networking cara a cara. Estão previstas visitas guiadas e outras atividades gratuitas em Matosinhos para os participantes, na sexta-feira, dia 16 de setembro (a anunciar oportunamente).

Em resumo, o ABVP Travel Fest 2022 – que conta com o apoio da IATI Seguros, parceiro de longa data da ABVP – terá momentos de aprendizagem, partilha de ideias e experiências, convívio e networking.

Bilhetes

Os bilhetes de acesso ao festival estão disponíveis apenas nesta plataforma, e dão acesso a todas as palestras e algumas atividades extra que venham a integrar o programa do festival, incluindo visitas guiadas gratuitas a locais emblemáticos de Matosinhos, a decorrer na sexta-feira 16 de setembro. Dão igualmente acesso a códigos de desconto na hotelaria de Matosinhos e menus com preço fixo em restaurantes da cidade durante os dias do evento (detalhes a anunciar oportunamente).

Preço para associados ABVP: 20€

Preço para não associados: 30€

Tickets

The numbers below include tickets for this event already in your cart. Clicking “Get Tickets” will allow you to edit any existing attendee information as well as change ticket quantities.
Bilhete Associado
20.00
112 disponível
Bilhete Não Associado
30.00
112 disponível

Oradores

Jackson Groves no Peru
Jackson Groves no Peru ©Jackson Groves

À data de hoje, estão confirmados os seguintes oradores:

  • Jackson Groves (Journey Era), Austrália: “The Journey Era: A short story about exploring places, possibilities and potential”
  • Kamran Ali (Kamran on bike), Paquistão: “Slow down Kamran – stories of a Pakistani cyclist”
  • Oliver Astrologo, Itália: “The power of travel video”
  • Ana Abrão, Brasil: “Outros Mundos: um ano, um mês e uma semana de aventuras e fotografias na Ásia”
  • Gustavo Carona, Portugal: “Viajar com um propósito”
  • Luís Octávio Costa (@Kitato), Portugal: “Storytelling no Instagram”
  • Andrea Bergareche (Lápiz Nómada), Espanha: “A female perspective on travel blogging”
  • Andreas Noe (The Trash Traveler), Alemanha: “Trash awareness with fun and positivity”
  • Paulo Moura, Portugal: “Criação literária: da observação à escrita”

As sessões serão em português ou inglês, e haverá tradução simultânea.

Jackson Groves, Austrália

Aventureiro australiano apaixonado por trekking, formou-se em jornalismo e logo depois lançou-se à estrada, pelo sudeste asiático. Começou também o blog Journey Era, com foco no turismo de natureza e aventura, que rapidamente se tornou um emprego a tempo inteiro. Os seus guias de viagem incluem caminhadas, lugares selvagens, praias e atividades radicais, com o objetivo de motivar outros a partirem numa aventura épica, se possível, em destinos pouco explorados.

A jornada de Jackson inclui lugares incríveis, nos quatro cantos do globo, e experiências de trekking no Monte Baloy (Filipinas), Monte Makalu, Montanha Manaslu e Island Peak (Nepal, 8463m, 8163m e 6189, respetivamente), nas 10 montanhas mais altas do Parque Nacional Kosciuszko (Austrália) ou o pico Spantik (Paquistão, 7027m). Explorou todos os recantos da ilha Oahu (Hawaii), o único vulcão ativo da Tanzânia (conhecido entre os Masai, como Montanha de Deus), para além de trilhos no Alasca, Panamá, Sri Lanka, Japão, Indonésia, Tunísia, Suíça, Turquia, Papua Nova Guiné ou Madeira.

Kamran Ali, Paquistão

Kamran Ali (aka Kamran On Bike) é um ciclista de aventura, fotógrafo e cineasta, que adotou como lema: “Nunca estamos perdidos, desde que avistemos o horizonte”. Nascido e criado numa zona rural do Paquistão, fez o primeiro passeio de bicicleta quando tinha 12 anos. O seu irmão mais velho batia-lhe por causa das suas aventuras ciclistas, mas isso não o desmotivou, pedalando pela vida fora, primeiro nas cidades mais próximas, depois por todo o país. Doutorado em ciências da computação na Alemanha, trabalhou como engenheiro de software, esperando uma década para realizar o seu sonho: pedalar da Alemanha ao Paquistão, uma viagem com cerca de 10 mil quilómetros. Em 2015, deixou o emprego para realizar esse sonho. 

Oliver Astrologo, Itália

Oliver é um videógrafo e fotógrafo de renome mundial, italiano, mas com base em Londres, que cria experiências visuais e emocionais únicas no mundo das viagens e da moda. Nos últimos 18 anos, colaborou com algumas das principais marcas globais de moda, automóveis e viagens, produzindo um trabalho considerado incomparável, apreciado por milhões de pessoas. 

Como cineasta e fotógrafo, Oliver é conhecido pela capacidade de comunicar paixão e emoção, através da atenção aos detalhes e técnicas inovadoras de pós-produção. Isto permitiu-lhe colaborar com algumas das maiores marcas internacionais, incluindo: Mercedes Benz, Visa, Google, Fendi, Bulgari, Club Med, Alitalia e muitas outras. Em 2015, fundou a sua própria produtora, um coletivo de criativos, cineastas, compositores e escritores, que possuem muitos anos de experiência na indústria.

Ana Abrão, Brasil

Ana Abrão é uma fotógrafa luso-brasileira e viajante experiente que utiliza fotografia de retratos como ferramenta, não só para dar a conhecer ao “mundo de cá” a beleza da cultura de “outros mundos”, como também para, subtilmente, chamar a atenção para questões sobre direitos humanos. Licenciada em Psicologia, deixou uma carreira de professora universitária, para seguir o seu gosto pela fotografia, área em que exerce profissionalmente há cerca de treze anos. 

Recebeu vários prémios em concursos internacionais de fotografia, foi reconhecida com “Excellence” em arte fotográfica pela Photographic Society of America. A sua obra “Outros Mundos – Um ano, um mês e uma semana de aventuras e fotografias na Ásia” foi considerada livro de fotografia do ano pela Federation of European Photographers (Bruxelas) e como segundo melhor livro pela prestigiada One Eyeland (Los Angeles).

Gustavo Carona, Portugal

Gustavo Carona é um médico anestesista e intensivista do Porto, dedicado a missões humanitárias desde 2009. Já representou os Médicos Sem Fronteiras, o Comité Internacional da Cruz Vermelha e os Médicos do Mundo em zonas de carência humanitária extrema: Moçambique, República Democrática do Congo, Paquistão, Afeganistão, Síria, República Centro-Africana, Iraque, Burundi, Iémen, Gaza e Sudão do Sul.

Desde cedo tenta dar voz às vidas que lhe passaram pelas mãos, divulgando um mundo que quase ninguém quer ver. Autor do livro “1001 Cartas para Mosul”, onde compilou centenas de cartas de portugueses que foram entregues no epicentro de um dos maiores sofrimentos coletivos que há memória, fez chegar a Mosul mais de 500 livros, abrindo um canal de comunicação tido como impossível. É ainda autor do livro humanitário: “O Mundo Precisa de Saber” (2018), com prefácio de Jorge Sampaio, e de “Diário de um Médico no combate à pandemia” (2021). Possui outras facetas como formador, cronista, membro do grupo para a reflexão do futuro de Portugal (liderado pelo Presidente da República), tendo sido escolhido como “European Young Leader 2022”, pela União Europeia. 

Luís Octávio Costa (Kitato), Portugal

Luís Octávio Costa (aka @Kitato) é jornalista do Público desde 1998. Este vianense cobriu todas as competições futebolísticas do mundo, ajudou a fundar o P3 e atualmente explora o mundo ao serviço da Fugas, revista para a qual escreve, fotografa e às vezes filma. Viaja cada vez mais — e cada vez mais perto do mar, da terra e das mãos que a moldam. No Instagram, onde vive desde 2011, é fotógrafo, storyteller, e assina @kitato. 

Mais que colecionar destaques, Luís Octávio Costa organizou e participou em muitos encontros de Instagram em Portugal e no estrangeiro. As suas fotografias – que mereceram algumas exposições – revelam um modo particular de captar o mundo, de explorar a geometria e o cromatismo, eternizando momentos fugazes, no tempo e no espaço, de forma delicada e criativa. Em 2015 foi escolhido pelo Huffington Post como um dos dez mais criativos instagramers do mundo.

Andrea Bergareche, Espanha

Viajante, criativa e boémia, Andrea criou o blog Lápis Nómada em 2015, comprou um voo só de ida e começou a viajar sozinha. Desde então já visitou mais de 35 países, em todos os tipos de transporte, viajou à boleia na América do Sul, foi destacada na televisão e várias revistas, deu palestras em eventos internacionais e publicou “Viajo sozinha” (Lunwerg 2019), um livro ilustrado projetado para incentivar as viagens a solo.

O blog desta nómada digital pretende ser um espaço de partilha de informações para quem deseja começar a viajar sozinho(a), com conselhos e experiências honestas. Com um estilo mochileiro, as suas aventuras pretendem ser, em particular, uma inspiração feminina e uma contribuição para uma geração de mulheres livres, fortes e independentes, que não têm medo de viajar e libertar o seu verdadeiro potencial. Andrea acompanha grupos de mulheres em viagens no México, Turquia e Tailândia.

Andreas Noe, Alemanha

Desde 2019 que Andreas Noe, também conhecido como The Trash Traveler, procura aumentar a consciencialização ambiental com abordagens extraordinárias, divertidas e criativas. Andreas largou uma carreira biomédica para viajar pela costa de Portugal na sua autocaravana, recolhendo uma tonelada de plástico, criando 160 vídeos de sensibilização e canções de Ukulele. No ano seguinte, percorreu os 832 km da costa portuguesa em 58 dias, o que resultou na recolha de 1,6 toneladas de plástico, juntamente com mais de uma centena de ONGs e 560 pessoas! 

Em 2021, num novo projeto conjunto, foram recolhidas 1,1 milhões de pontas de cigarro em 38 cidades do litoral e zonas de praia. E, este ano, já pedalou 2370 km, com uma bicicleta chamada Rosa, criada a partir de 14 peças diferentes de bicicletas em segunda mão. Ao longo dessa jornada, recolheu 4599 garrafas e latas, com o objetivo de angariar assinaturas para a implementação de um sistema de depósito em Portugal. Todo lixo recolhido nessas aventuras é convertido em arte. Andreas prova que é possível viajar com um impacto positivo para o ambiente.

Paulo Moura, Portugal

Escritor e repórter nascido no Porto, Paulo Moura trabalhou como jornalista no Público durante 23 anos, onde exerceu funções de correspondente em Nova Iorque e de editor da revista Pública. Fez a cobertura jornalística de conflitos no Kosovo, Afeganistão, Iraque, Tchetchénia, Argélia, Angola, Caxemira, Mauritânia, Israel, Haiti, Turquia, China, Sudão, Egipto, Líbia, Ucrânia e muitas outras regiões, ganhou mais de uma dezena de prémios, entre os quais se destaca o Prémio Direitos Humanos e Integração da Comissão Nacional da UNESCO, pela reportagem “A Revolução virá do Campo”, realizada na China (2013).

Para além de professor de Reportagem e Entrevista, Jornalismo Internacional e Jornalismo Literário na Escola Superior de Comunicação Social (Lisboa), de Escrita de Viagens na Universidade Nova de Lisboa, de Jornalismo e Literatura de Viagens no Mestrado em Turismo da Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril, é autor de doze livros. A sua obra inclui títulos como “Depois do Fim: a crónica dos Primeiros 25 anos da Guerra de Civilizações”, “Longe do Mar”, “Uma Viagem pela Estrada Nacional 2”, “Extremo Ocidental: Uma Viagem de Moto pela Costa Portuguesa”,  “Uma Casa em Mossul” e “Cidades do Sol – Em Busca de Utopias nas Grandes Metrópoles da Ásia”.