A carregar Eventos

« Todos os Eventos

  • Este evento já decorreu.

ABVP Travel Fest 2024

Maio 11 @ 09:00 Maio 12 @ 18:00

Cartaz ABVP Travel Fest 2024

 

A quarta edição do ABVP Travel Fest, o grande evento anual da ABVP – Associação de Bloggers de Viagem Portugueses, realiza-se nos dias 11 e 12 de maio de 2024, em Guimarães. Depois do estrondoso sucesso da terceira edição, a Câmara Municipal de Guimarães aceitou entusiasticamente o convite para voltar a acolher o festival, que acontecerá novamente no Teatro Jordão, um espaço magnífico e recentemente revitalizado da cidade-berço.

Os valores da ABVP – viajar (e produzir conteúdos de viagem) com ética, respeito pelas culturas e pelo planeta – estarão como sempre espelhados na escolha das palestras e oradores, com o objetivo de refletir e contribuir para (re)imaginar a indústria e o mundo das viagens. Serão oradores nacionais e internacionais, grandes viajantes e contadores de histórias, profissionais reconhecidos nas suas áreas de atuação. Espera-nos, uma vez mais, um grande fim de semana de inspiração e partilha.

Bilhetes

Os bilhetes de acesso ao festival estão disponíveis apenas nesta plataforma e dão acesso a todas as palestras e eventuais atividades extra, organizadas pela Câmara Municipal de Guimarães, que venham a integrar o programa do festival.

Tickets

The numbers below include tickets for this event already in your cart. Clicking “Get Tickets” will allow you to edit any existing attendee information as well as change ticket quantities.
Tickets are no longer available

Nota: não se efetuam devoluções. No entanto, permite-se que entregue o bilhete a outra pessoa desde que avise a organização dessa troca, fornecendo nome e email do novo participante.

Estrutura de preços

Para sua informação, a estrutura de preços para o ABVP Travel Fest 2024 será a seguinte:

Preçário 2024

Oradores confirmados

Bernardo Conde

BERNARDO CONDE (TRILHOS DA TERRA) | PORTUGAL

Viajar com Propósito: Transformar Vidas em Madagáscar

Bernardo Conde é um fotógrafo de viagem profissional aveirense e tem trabalhado nos últimos anos com diversas entidades ligadas ao turismo, como o Turismo Centro de Portugal e ADXTUR | Aldeias do Xisto. Em complemento da sua profissão enquanto fotógrafo, desde 2013 que se dedica também às viagens de descoberta cultural e aventura, como líder de viagem, atualmente na sua própria agência de viagens, a Trilhos da Terra.
Bernardo assume-se claramente como um viajante amante de paisagens esmagadoras e de pessoas simples e especiais. É sobretudo a pé que gosta de viajar, fotografar e contactar com as pessoas, já que é desta forma que se sente mais genuinamente próximo de tudo o que o rodeia e pode documentar tudo com a calma necessária.

“Viajar com Propósito: Transformar Vidas em Madagáscar” é o tema da sua palestra, porque este é um país especial para o Bernardo. Nas suas palavras: “fez-me descobrir que viajar com propósito pode proporcionar a criação de laços e pequenas revoluções para um mundo melhor, pessoa a pessoa, passo a passo”.

Traveling with a Purpose: Transforming Lives in Madagascar

Bernardo Conde is a professional travel photographer from Aveiro and has worked in recent years with various tourism organisations, such as Turismo Centro de Portugal and ADXTUR | Aldeias do Xisto. In addition to his work as a photographer, since 2013 he has also been engaged in cultural discovery and adventure travel as a travel leader, currently running his own travel agency, Trilhos da Terra.

Bernardo plainly considers himself to be a traveller who loves breathtaking landscapes and simple, special people. It is mainly on foot that he enjoys travelling, photographing and making contact with people, as this is how he feels genuinely close to everything around him and can document everything with the necessary calm.

“Traveling with a Purpose: Transforming Lives in Madagascar” is the theme of his talk, because this is a special country for Bernardo. In his own words: “it made me discover that travelling with a purpose can lead to the creation of bonds and small revolutions for a better world, person by person, step by step”.

Links:

BRANDON LI | ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

Vídeo de viagem: Narração improvisada de histórias

Brandon é um artista americano que viaja pelo mundo a fazer curtas-metragens, tutoriais e redes sociais. O seu trabalho foi reconhecido pela BBC, National Geographic, Vimeo’s Staff Picks e Best of the Year, os prémios Webby e muitos outros. É fascinado pelas culturas do mundo, pelas técnicas criativas de realização de filmes e pela tecnologia mais recente. Também dirige uma escola de cinema online, Unscripted Studio, onde ensina a arte de contar histórias de forma improvisada.

Na sua palestra, Brandon fará um breve resumo da sua história como film-maker, o que o inspira a criar, e como inovou, do ponto de vista técnico, para criar enquanto viajava num registo nómada pelo mundo. Levar-nos-á pelos bastidores da realização de alguns dos seus trabalhos favoritos, incluindo Hong Kong Strong, Seoul Wave, The Passion of Andalucia e o seu último filme de viagem, Morocco Arise, vencedor do Grande Prémio na última edição do Art & Tur – Festival Internacional de Cinema de Turismo. Mostrará algumas das suas técnicas de trabalho com a câmara e opinará sobre o futuro da indústria para os cineastas viajantes.

Travel video: Improvised storytelling

Brandon is an American filmmaker who travels the world making short films, tutorials, and social media. His work has been recognised by the BBC, National Geographic, Vimeo’s Staff Picks and Best of the Year, the Webby awards, and many others. He is fascinated by world cultures, creative filmmaking techniques and the latest technology. He also runs an online film school, Unscripted Studio, where he teaches the art of improvised storytelling.

In his talk, Brandon will give a brief summary of his history as a filmmaker, what inspires him to create, and how he innovated, from a technical point of view, to create content while travelling nomadically around the world. He will give us insights into the making of some of his favourite works, including Hong Kong Strong, Seoul Wave, The Passion of Andalucía and his latest travel film, Morocco Arise, winner of the Grand Prize at the last edition of Art & Tur – International Tourism Film Festival. He will show some of his techniques for working with the camera and give his opinion on the future of the industry for travelling filmmakers.

Links

Brandon Li
Cris Marques

CRIS MARQUES (RAÍZES DO MUNDO) | BRASIL

Turismo de Base Comunitária: o Poder das Viagens para Mudar Lugares

Cris Marques é formada em turismo, e é guia de turismo nacional e produtora de conteúdo de viagens há 14 anos. Viajou pelo mundo como nómada digital durante seis anos, mas desde há algum tempo que criou raízes e o seu trabalho voltou-se principalmente para a produção de conteúdo sobre destinos turísticos do Brasil, sendo reconhecida como uma referência no país. Apaixonada pelas manifestações culturais e simbolismos étnicos, e amante do ecoturismo e do turismo de aventura, procura sempre conhecer locais em que possa estar no meio da natureza.

A Cris vem falar-nos do que é o Turismo de Base Comunitária, de como este tipo de turismo tem impactado a sua experiência enquanto viajante e, sobretudo, de como tem sido a sua experiência junto das comunidades que tem conhecido. Um relato na primeira pessoa de como as viagens têm o poder de mudar os lugares.

Community-Based Tourism: the Power of Travel to Change Places

Cris Marques has a degree in tourism and has been a Brazilian tour guide and travel content producer for 14 years. She travelled the world as a digital nomad for six years, but for some time now she has put down roots and her work has focused mainly on producing content about tourist destinations in Brazil; she is recognised as a reference in this country. Passionate about cultural manifestations and ethnic symbolism, and a lover of ecotourism and adventure tourism, she is always looking for places where she can be surrounded by nature.

 

Cris is going to speak about what Community-Based Tourism is, how this type of tourism has impacted her experience as a traveller and, above all, what her experience has been like with the communities that she has met. A first-person narrative of how travelling has the power to change places.

 

Links

JOAN TORRES (AGAINST THE COMPASS) | ESPANHA

A Arte de Viajar de Mochila às Costas em Destinos Extremos

Desde viajar à boleia pelo Afeganistão até visitar a tristemente célebre infame capital do Haiti, Port-au-Prince, ou fazer uma viagem de mochila às costas a solo na Síria e no Iraque, nos últimos 10 anos Joan Torres tem viajado sem parar por algumas das regiões menos visitadas e conhecidas do mundo. Para inspirar outros viajantes a fazerem o mesmo, criou e gere desde 2016 o website e blogue de viagens a que deu o nome the Against the Compass, onde divulga os locais e as experiências que mais o têm marcado.

“A arte de viajar de mochila às costas em destinos extremos” é o convite que o Joan nos faz para a sua palestra, e o título já diz tudo: vai falar-nos de como tem conseguido ultrapassar momentos desafiantes nas suas viagens por lugares em que a palavra “turismo” não faz parte do vocabulário habitual. Estaremos preparados para conhecer estes destinos? E será que vamos sair desta palestra com vontade de pôr a mochila às costas e simplesmente ir?

The art of backpacking in extreme destinations

From hitchhiking through Afghanistan to visiting Haiti’s infamous capital, Port-au-Prince, or backpacking solo in Syria and Iraq, over the last 10 years Joan Torres has travelled non-stop through some of the world’s least visited and worst known regions. To inspire other travellers to do the same, since 2016 he has created and run the website and travel blog that he has named Against the Compass, where he shares the places and experiences that have marked him the most.

“The art of backpacking in extreme destinations” is Joan’s invitation for his talk, and the title says it all: he is going to tell us about how he has managed to overcome challenging moments during his journeys through places where the word “tourism” is not part of every day’s vocabulary. Are we prepared to visit these destinations? And will this talk make us want to put our backpack on and just go?

Links:

Joan Torres
Shivya Nath

SHIVYA NATH (CLIMATE CONSCIOUS TRAVEL) | ÍNDIA

How Travel Storytelling Can Empower Local Communities

Shivya é uma empreendedora de impacto, escritora de viagens premiada, autora de best-sellers e defensora apaixonada do turismo como uma força para o bem.

Shivya é uma empreendedora de impacto, escritora de viagens premiada, autora de best-sellers e defensora apaixonada do turismo como uma força para o bem. Cresceu num vale dos Himalaias indianos e começou a sua carreira no setor do turismo há mais de uma década. Tem sido destacada em vários meios de comunicação mundiais, como o The Washington Post ou a National Geographic Traveller.

Cofundou, durante a pandemia, a Voices of Rural India, uma iniciativa de storytelling que abriu espaço no mundo digital para as vozes das comunidades rurais associadas ao turismo, ao mesmo tempo que cria meios de subsistência alternativos.

Em 2022 fundou a Climate Conscious Travel, uma consultadoria climática colaborativa que trabalha com destinos e empresas para integrar ações climáticas centradas na comunidade em ofertas turísticas, incluindo a conceção de viagens neutras em carbono, remoção de carbono com base na comunidade, comunicação sobre mudanças climáticas através do turismo e narrativa de sustentabilidade.

A narrativa de viagens tem sido elemento fundamental da sua vida. A sua palestra abordará a sua jornada na escrita e a forma “como a narrativa de viagens pode capacitar as comunidades locais”.

How travel storytelling can empower local communities

Shivya is an impact entrepreneur, award-winning travel writer, best-selling author and passionate advocate of tourism as a force for good. She grew up in an Indian Himalayan valley and began her career in the tourism sector over a decade ago. She has been featured in various world media, such as The Washington Post and National Geographic Traveller.

During the pandemic, she co-founded Voices of Rural India, a storytelling initiative that has opened up room in the digital world for the voices of rural communities associated with tourism, while creating alternative livelihoods.

In 2022 she founded Climate Conscious Travel, a collaborative climate consultancy that works with destinations and businesses to integrate community-centric climate action in tourism offerings, including designing carbon neutral trips, community-based carbon removal, climate change communication through tourism and sustainability storytelling.

Travel storytelling has been a fundamental element of her life. Her talk will cover her journey into writing and how “travel storytelling can empower local communities”.

Links

VICENTE FRAGA | ESPANHA

A viagem interior

Vicente Fraga é de Pontevedra e a sua área profissional está originalmente relacionada com o mundo da arquitetura. Foi na fotografia que encontrou um lugar aonde regressar sempre e partilhar a sua atividade profissional. A sua formação fotográfica construiu-se de forma autónoma, através de uma exploração e pesquisa constantes e da frequência de formações complementares seletivas nas áreas que lhe despertam interesse ou constituem um desafio. A sua abordagem aproxima-se da fotografia documental e trabalha sobre os temas com que se identifica ou que o preocupam. Gosta especialmente dos processos de pesquisa, documentação e exploração, porque além de um objetivo artístico, importa-lhe que haja um processo de crescimento pessoal na abordagem de cada projeto.

Vicente irá falar-nos do seu processo de documentação da cultura rural tradicional da Galiza, um modo de vida que, como em tantos outros lugares, está em vias de desaparecer e com o qual tem uma ligação especial. Talvez ainda nos apresente uma das suas pessoas mais próximas, que só conheceu durante este processo de documentação.

The inner journey

Vicente Fraga is from Pontevedra and his professional field is originally related to the world of architecture. It is in photography that he has found a place to repeatedly return and share his professional activity. His photographic training has been built autonomously, through constant exploration and research and by attending selective complementary training courses in fields of interest or that challenge him. His approach is similar to that of documentary photography and he works on topics with which he identifies himself or that concern him. He particularly enjoys the processes of research, documentation and exploration, because in addition to being an artistic goal, it is important for him to experience a process of personal growth when undertaking each project.

Vicente will tell us about his process of documenting the traditional rural culture of Galicia, a way of life that, as happens in so many other places, is on the verge of disappearing and with which he has a special relationship. Maybe he will also introduce us to one of his closest friends, whom he only met during this documentation process.

Links

Vicente Fraga
Vitor da Silva

VITOR DA SILVA (ETHNO POET) | PORTUGAL

Jornada à Etnosfera: Histórias de Luta, Esperança e Aprendizagem desde os Himalaias à Amazónia

Vítor da Silva é etnógrafo e investigador dos direitos indígenas. O seu trabalho divide-o entre os Himalaias e a Amazónia, onde usa a sua formação em antropologia e investigação criminal para apoiar comunidades indígenas na luta pela sobrevivência, expondo a destruição ambiental, as invasões de terras e a violação dos seus direitos. Ao mesmo tempo, dedica-se à preservação cultural dos povos que o adotaram, envolvendo-se em projetos de fortalecimento de identidade e repatriação de património sagrado. A sua tese de pós-graduação, “Ritual, Resistência e o Direito de Existir”, foca a relação entre os rituais sagrados e o poder de resistência entre os povos indígenas no Brasil. Vítor é fellow da Royal Geographical Society e do Centro Amazônico de Educação e Pesquisa Ambiental.

Para Vítor será um regresso às origens, já que é vimaranense. Mas para nós será um convite para conhecermos o mundo da etnosfera, com histórias de luta e esperança compiladas durante o seu trabalho de campo com comunidades indígenas. Como é que esses povos veem o mundo? Para eles, o que significa ser humano e estar vivo? O que temos para aprender com essas comunidades?

Journey to the Ethnosphere: stories of struggle, hope and learning from the Himalayas to the Amazon

Vítor da Silva is an ethnographer and indigenous rights researcher. His work is divided between the Himalayas and the Amazon, where he makes use of his training in anthropology and criminal investigation to support indigenous communities in their struggle for survival, exposing environmental destruction, land invasions and the violation of their rights. At the same time, he is devoted to the cultural preservation of the peoples who have adopted him, getting involved in projects to reinforce identity and repatriate sacred heritage. His postgraduate thesis, “Ritual, Resistance and the Right to Exist”, focuses on the relationship between sacred rituals and the power of resistance among indigenous people in Brazil. Vítor is a fellow of the Royal Geographical Society and of Centro Amazônico de Educação e Pesquisa Ambiental.

For Vítor, this will be a return to his origins, as he was born in Guimarães. Yet, for us this will be an invitation to get to know the world of ethnosphere, with stories of struggle and hope collected during his fieldwork with indigenous communities. How do these people see the world? What does it mean for them to be human and alive? What can we learn from these communities?

Links

e muitos mais…

Visitas gratuitas às atrações de Guimarães

No âmbito do ABVP Travel Fest, a Câmara Municipal de Guimarães, em conjunto com os seus parceiros locais, disponibiliza aos portadores do bilhete para o festival o acesso gratuito a um vasto conjunto de atrações da cidade. A lista completa estará disponível em breve.

Para ter acesso gratuito aos espaços acima referidos, é necessário fazer check-in no Teatro Jordão para recolher a sua credencial. Para tal, pode dirigir-se ao Teatro Jordão logo na sexta-feira, 10 de maio, a partir das 10:00 – alguém da nossa equipa estará disponível para tratar do check-in.

Para além disso, há um passeio guiado gratuito para visitar algumas das atrações mais emblemáticas da cidade, seguido de um lanche. O passeio tem um número limitado de participantes e está sujeito a inscrições prévias.

Procurar